Benvindos Como me tornei fã Never can say goodbye - Nunca poderei dizer Adeus
Never can say goodbye - Nunca poderei dizer Adeus PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Miriam   
Domingo, 03 Março 2013 11:12

Desde que comecei a ter noção do mundo em meu redor, comecei a ouvir falar de Michael Jackson. Via reportagens em revistas, nos telejornais e como podem imaginar não falavam das músicas, nem dos espetáculos, mas sim de abusos sexuais, de dívidas, entre outras coisas. Eu, com cerca de 5 anos de idade, um ser ainda demasiado jovem para raciocinar, começava a achar algo de misterioso e empolgante naquele homem. Por um lado assustavam-me as notícias que vinham sobre ele e o que se dizia, por outro lado achava as fotografias que publicavam tão misteriosas e obscuras que acho que se pode dizer que sentia uma mistura entre medo e curiosidade por Michael Jackson.

 


Comecei a crescer numa fase em que mal se falava sobre Michael, ou se falavam era para dizer mal e inventar histórias. Como eu ainda tinha uma tenra idade, cerca de 9 anos, e a internet ainda não era muito usual, não pude pesquisar nem me informar sobre este grande homem, apenas alimentava a minha ideia dele com a opinião das pessoas e dos meios de comunicação. Triste, não? Com 10 anos, a única música que conhecia era o “Thriller” e mesmo assim nunca a tinha ouvido completa, note-se que isto se passa em 2007.


Em 2009 a desgraça chega ao mundo com a trágica notícia da sua morte. Ainda me lembro com emoção que me encontrava na sala e que mal oiço o nome “Michael Jackson” viro a cabeça e olho para o televisor. Estava em choque. Não podia acreditar. As imagens que apareciam eram as de um edifício com ambulâncias e assim. De repente as notícias transformaram-se e aquele homem que tinham idealizado como monstro era agora um anjo, o rei da pop, alguém que mudou o mundo. Passavam agora muitas músicas e vários tributos foram feitos. Tenho que confessar que apesar de não conhecer a sua verdadeira essência, as suas músicas, já estava de certo modo ligada a ele, e chorei, chorei bastante.  Não sei como nem porquê, mas aquela notícia ia mudar a minha vida.

 

Miriam - Clube Fas Michael Jackson

Mas a verdadeira mudança foi em Agosto desse mesmo ano quando fizeram na TVI o programa “Nasci Pra Cantar” em que os concorrentes se tinham que apresentar imitando um cantor com toda a perfeição. Havia vários concorrentes a Michael Jackson, mas quem passara à fase final fora Delfim Miranda, que acabou por vencer o concurso. Tenho que admitir que a primeira vez que o ouvir cantar “Billie Jean” foi como se a música entrasse por mim a dentro.  Comecei a cantar, mesmo sem saber a letra. Todos os dias cantava, para não me esquecer. E quando me começava a desaparecer o ritmo gritava para a minha mãe “Mãe, canta aí o Billie Jean” e ela lá cantarolava. Comecei a fazer concursos com as minhas Bratz e vestia um dos Bratz Boy como Michael Jackson. Tentava imitar ao máximo todos os passos. Já estava instalada em mim a febre MJ. O programa foi continuando e as músicas iam-me ficando na cabeça e no coração, até a minha irmã de 3 anos dançava e cantava, Black or White, Beat It, Don’t stop til you get enought… entre muitas outras.


Os anos passaram e nunca mais “larguei” Michael Jackson, é muito mais que um ídolo, é uma inspiração, um modo de vida. Tenho pena de nunca me ter familiarizado tanto quando era mais pequena, mas se aconteceu naquela altura era porque tinha de acontecer. Neste momento tenho mais de 95 músicas de Michael Jackson no meu telemóvel, o quarto cheio de posters, t-shirts, e outros acessórios. Vou ao Cirque du Soleil e mal consigo conter a excitação! Sou bailarina e para surpresa minha, o meu professor de contemporânea informou-nos que no espetáculo de final de ano iremos dançar “Earth Song”, tenho a dizer que chorei de alegria… Ainda mais quando soube que a minha irmã, agora com 9 anos, está no Hip Hop e irá dançar “Working day and Night”. Se isto não é destino, então o que é que é? Apesar de não ser crente, tenho a confessar que desde a sua morte, que rezo a Michael Jackson e que ele é como se fosse um Deus para mim, que encarnou num corpo, fez as suas metamorfoses, mudou o muito e a maneira de o ver, e voltou para o céu.


Amo-te Michael Jackson e é um orgulho amar-te.


Como eu digo sempre, never can say goodbye!

Miriam
16 anos
Lisboa

Actualizado em Domingo, 03 Março 2013 11:28
 

Comentários  

 
0 #5 ANA MARIA CAVALCANTE RUFINO 25-11-2014 23:42
QUE HISTÓRIA LINDA
Reportar ao administrador
 
 
+2 #4 Monica Alves 14-03-2013 13:43
Olá Miriam... Adorei a tua história fez-me recordar alguns momentos da minha infância...Michael mudou a minha vida e a minha personalidade assim como afirmas-te ter feito contigo. Michael dedicou sua vida aos fãs e á mudança e nós somos o seu testemunho e seu legado por isso fico emocionada cada vez que leio algo como li aqui.
Reportar ao administrador
 
 
+3 #3 RUI DUARTE 08-03-2013 21:20
Adorei o teu texto...o teu testemunho. Como foi dito, é uma vergonha só depois da morte deste grande artista e deste grande ser, que lhe puseram a coroa, apesar de ele a ter desde os seus 6 anos. Obrigado por partilhares a tua historia, mas acredita que nunca é tarde. Ser Fã de Michael Jackson é...é um modo de vida que nos transforma todos os dias e nos melhora sempre que ouvimos a sua mensagem, as suas melodias e assistimos seus passos de dança. Abraço
Reportar ao administrador
 
 
+1 #2 Miriam 06-03-2013 15:11
Eu é que agradeço Delfim, muito muito obrigada :') Até me comovi com as suas palavras! É um grande orgulho para mim ser fã do Michael e um grande orgulho que tenha sido você a "ensinar-me" isso! :) Beijinhos e mais uma vez obrigada!

correção de um pequeno erro no texto:
*mudou o mundo* e não *mudou o muito*
Reportar ao administrador
 
 
+7 #1 Delfim 03-03-2013 15:05
Realmente é verdade o que dizes! Quando o Rei da Pop morreu é que lhe puseram verdadeiramente a coroa... É triste que esta sociedade só reconheça alguns grandes homens tarde demais. Mas ainda bem que, ao menos, no fim reconhecem... Fico muito feliz, na parte que me toca ter "ajudado" através da minha presença no programa da TVI :-) Fico sempre contente quando vêm ter comigo, no fim de cada espetáculo, ou de cada aparição televisiva, que devido ao meu trabalho descobriram Michael Jackson, ou descobriram como era Michael Jackson ao vivo, uma vez que os seus concertos não foram assim tão divulgados, e se tornaram fãs :-) Nessas alturas o meu trabalho é recompensado, pois dou de volta um pouco do que o Michael me deu a mim! Dou-lhe de volta um fã, em troca de toda a inspiração e ensinamentos que ele me deu. Por isso, obrigado Michael e obrigado Miriam! Mais uma troca feita, espero poder fazer muitas e muitas mais trocas e ajudar o Michael a ganhar muitos mais fãs! Pois ele merece e as pessoas também merecem terem contacto com as maravilhas que o Michael nos deixou! Não lhe podemos dizer adeus... pois ele está sempre dentro de nós! :-) Beijinhos e muita força para os teus projetos e para o teu futuro!
Reportar ao administrador
 

Para comentar este artigo por favor faça Login ou Registe-se no Clube de Fãs de Michael Jackson (inscrição gratuita).

Login



Hoje...

Hoje é dia 12/12/12 - Michael Jackson tinha uma paixão por números misticos, 7 era o seu favorito
Clube de Fãs de Michael Jackson
O Clube de Fãs de Michael Jackson deseja-te uma excelente Quarta-Feira

Agenda

** Tributo Michael Jackson ** * Agenda de Espectáculos * »»»» Algarve - Portugal «««« » Sexta: Clube Praia da Oura - Albufeira       » Sábado: Hotel Forte do Vale - Albufeira              

Partilha

Share to Facebook Share to Twitter Share to Linkedin Share to Myspace Share to Delicious Share to Google 


© Copyright 1996-2013 - Clube de Fãs de Michael Jackson - Portugal
'The Michael Jackson Family'
www.reidapop.com